sábado, 5 de janeiro de 2019

Botando a cabeça pra funcionar nº 01 - Torneira Diferente



Iniciando o ano botando
A cabeça pra funcionar
Uma brincadeira instrutiva
Ideal para a mente exercitar
Acontece nos dias 05, 15 e 25
Pretendo de todas participar!


Torneira Diferente

Uma torneira diferente
Meus olhos estão a notar
Aprecio atentamente
Essa imagem singular.

Vermelha é sua cor
Está no ar a voejar
Pelas mãos do Criador
Despeja água no mar.

Peço a Ti ó meu Senhor
Que a guie para o sertão
Dizimando a seca e a dor
Que destrói essa região.

Borbote água corrente
Encha açude e cacimbão
Camponês fica contente
Pois, não vai faltar o pão!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Abraço Materno




Abraço Materno

Do céu recebi
O terno abraço materno
Felicidades senti!


Nota: Amigos e amigas, não sei se vão concordar comigo ou não, mas, tenho uma amiga espírita e ela me trouxe um terno abraço de minha mãe, o qual me emocionou demais e me trouxe lágrimas de saudades e felicidade estou partilhando aqui com vocês. Sou católica, acredito na ressurreição, porém, minha família é dividida entre catolicismo e espiritismo e eu, de vez, em quando creio em alguns pontos dessa religião. A imagem que usei foi dos meus arquivos pessoais, a emoção do primeiro voo para Salvador, onde senti a forte presença e o poder de Deus na magnitude das alturas. Além disso, senti, também, a presença de minha mãe e meu pai. Desejo a todos um Natal de muita paz e amor em seus corações!

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Meu Lugar Mágico





Meu Lugar Mágico

O meu lugar mágico
É um oásis no sertão
Todo dia é um espetáculo
O sol rompe a escuridão
O dia nasce sorrindo
A brisa é suave canção.


Borboletas rodopiam
Em volta das flores
Matizando a vida
Com diversas cores
Os pássaros em revoada
A Deus entoam louvores.


Nesse meu lugar mágico
Percebo a grandiosidade
Do amor e do poder de Deus
Sinto fluídos de espiritualidade
Vestindo meu ser, minha alma
É tocante a sensação de felicidade.


Em tudo vejo o pulsar da vida
Nesse espaço de bem aventurança
Nele sou sertão, natureza e poesia
Vibra em mim a eterna criança
Que ama viver no encantamento
Da Chácara Nova Esperança!




É com intensa alegria que participo, já no finalzinho, da festa de 9 anos do blog da amiga Rosélia, Espiritual-Idade, desejando-lhe muitos anos de interação, de partilha de fé, bondade, fraternidade e amizade nesse mundo lindo da blogosfera, exalando fluídos do amor divino na nossa vida.

Meu presente para ti



quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Botando a cabeça pra funcionar nº 18




Nos dias 05, 15 e 25 Chica nos convida
Para botar a cabeça pra funcionar
É uma proposta super divertida
Atrasadíssima, mas estou a participar.


A Garça

Linda garça a beira mar
Obra perfeita de Deus
Seu gracioso voar
Extasia os olhos meus.


quinta-feira, 7 de junho de 2018

Botando a cabeça pra funcionar nº 14




Botando a cabeça pra funcionar
É divertido, legal e interativo
Mesmo atrasada vou brincar
Para exercitar meu cognitivo.


Desumanidade

Quanta iniquidade há
Nos corações humanos
Agir assim não dá
É muito desumano.

Animais são inocentes
Poluir é maldade
Homens inconsequentes
Peço-te piedade!
  
Revistam-se de amor
De pura gentileza
Assim não causam dor
Para a mãe natureza.

domingo, 20 de maio de 2018

terça-feira, 1 de maio de 2018

Levi



Levi

Uma surpresa muito boa
Ao chegar à Chácara encontrei
O cachorrinho que vivia à toa
Por Deiga e Valdinete foi acolhido.


Recebeu o nome de Levi
Ainda está desconfiado
Assim como Tupã e Preto
Logo estará acostumado.


Ele é um lindo bebezinho
Mas vai ser o cachorrão
Fará a segurança da Chácara
Quando se tornar valentão!


quarta-feira, 18 de abril de 2018

Por Onde Voas Passarinho? II Parte



Por Onde Voas Passarinho - II Parte

Para não ver nenhum blog paradinho
E entre blogueiras a interação promover
A Calu criou o aventureiro Verdinho
Para nos visitar e alegrar nosso viver.

O recebi de Natália lá de Portugal
Chegou ávido de aventuras e faceiro
A todos contagiou com seu alto astral
Tratei de planejar um divertido roteiro.

Por onde andou recebeu carinho
Até na Paraíba fomos passear
Agora com a palavra o Verdinho
Para suas aventuras lhes contar.


Lúcia foi trabalhar e eu acompanhei
Lá com a coordenadora interagi
Bem satisfeito em sua mão pousei
Para as fotos todo lindinho sorri.


Para a cozinha nos dirigimos
A fim de a turma conhecer
Entre sorrisos, fotos e mimos
Dos meus passeios quiseram saber.


Entre um bate papo gostoso
Na mesa imediatamente sentei
Tomei um café bem delicioso
Até iogurte com chia degustei.



Quando vi as crianças a brincar
Pela Lúcia nem sequer esperei
Nas mãos de um menino fui pousar
Com o sorriso dele me emocionei.


Em todas as salas de aula entrei
Eles me acolheram com carinho
Minhas aventuras para eles contei
E porque me chamam de Verdinho.


Com as criancinhas da alfabetização
Na rodinha de conversa participei
Eles me escutaram com muita atenção
Vibraram quando em suas cabeças pousei.

 


À noite preferi na varanda ficar
É excelente a visão da cidade
Vi a igreja e comecei a orar
Pelas crianças e sua felicidade.


Que no caminho dessas crianças
Haja sempre bondade, amor e união.
Os adultos não percam as esperanças
Em um mundo de paz e mais irmão.


Amigos fiquem atentos na parte três
Ele vai expor o que na Chácara viveu
E na última parte o passeio que fez
Na Paraíba e o que lá conheceu.